Scroll Top

Dieta Militar → Funciona? Emagrece Mesmo? Como Fazer?

dieta militar funciona mesmoQuando se fala em emagrecer, muitas pessoas já pensam diretamente em dietas que são restritivas e que impedem muita gente de comer certas gostosuras em festas, sociais e encontro com os amigos. Contar calorias, seguir um cardápio rígido e fechado, sem a possibilidade de troca de alimentos.

Todo esse sofrimento alimentar e exclusão social vale a pena? Muitos dizem que sim e a prova disso pode ser encontrada na internet, como diversos casos de “Emagreci 20 Kg com a dita tal”. Verdades absolutas? Talvez sim, talvez não. Mas o objetivo deste artigo não é mostrar se realmente funcionam essas dietas, mas apresentar um pouco mais sobre como funciona uma dieta rígida, e será usada como exemplo a dieta militar, também conhecida como dieta dos 3 dias.

Origem da Dieta Militar

Não se sabe ao certo quando surgiu e qual era o seu objetivo. Muitas das pesquisas irão dizer que a dieta militar tem origem no exército norte americano, que foi criada para emagrecer de forma rápida e eficiente os soldados que estavam acima do peso. Porém, uma dieta tão restritiva como está não é capaz de dar a energia que os militares precisam para as atividades intensas, então sua origem torna-se uma interrogação.

A dieta militar promete uma perda de peso de 4 quilos por semana, em média, totalizando quase 20 quilos ao mês. Uma perda e tanto, mas só será efetiva se certos passos forem seguidos à risca.

Duração & Cardápio

No geral, apesar de algumas variações achadas na internet, a dieta militar deve ser feita durante 3 dias consecutivos. Durante esses três dias a alimentação é bem rígida, só havendo 3 refeições diárias (café da manhã, almoço e jantar). Nessas horas de alimentação a comida é escassa e o cardápio é simples. As refeições são práticas de serem feitas, não requerendo muito tempo.

dieta militar cardápio completo

Depois desses três dias, há um período de descanso de 4 dias. Só após esse tempo é possível repetir o ciclo. Vale lembrar que durante esses 4 dias em que a dieta militar não está sendo exercida, a alimentação não deve ser exagerada. Essa é a hora de repor os nutrientes que faltaram durante os três dias rigorosos, para que o corpo tenha energia suficiente para as atividades diárias.

Os ciclos podem ser repetidos durante 1 mês. Há quem estenda esse tempo até atingir o peso desejado, mas manter a dieta militar durante muito tempo pode levar a problemas de saúde, como desnutrição, enjoos, tonturas e até desmaios.

Entre os alimentos consumidos na dieta estão queijos, frutas, ovos, fatias de pão, leguminosas, etc. Mas a alimentação é muito dosada, sem ser possível comer entre as refeições.

As calorias consumidas no primeiro dia da dieta não devem passar de 1400. No segundo dia são diminuídas 200 calorias, totalizando 1200. Já no terceiro dia da dieta militar o consumo de calorias não passa de 1100. Durante o tempo de descanso da dieta, é indicado que a pessoa não consuma mais do que 1500 calorias, do contrário pode acabar ganhando todo o peso que perdeu e também irá comprometer a continuidade da dieta.

Prevenções e exercícios físicos

  • A dieta militar, como dito várias vezes neste artigo, é extremamente rígida. Sua alimentação priva o adepto da dieta de consumir gorduras e alimentos processados, mas também faz com parte dos nutrientes necessários para o corpo deixem de ser ingeridos. Isso pode acarretar em fraqueza e dor de cabeça. Se esse quadro evoluir para tontura, enjoos constantes e desmaios, a dieta deve ser interrompida e um médico deve ser consultado.
  • Não é recomendada a prática de atividades físicas intensas durante o tempo da dieta, principalmente quando na fase dos três dias do cardápio restritivo. Apesar disso, a dieta requer que o adepto se exercite para que a perda de peso seja intensificada e para que não se perca massa muscular, importante para a ação do metabolismo.
  • Um fator negativo é que a dieta militar não apresenta uma reeducação alimentar. Caso a pessoa que utilize desta alimentação rígida e após atingir o peso desejado volte a antiga dieta, repleta de gorduras, frituras e alimentos processados, é bem provável que ocorra o efeito sanfona.
  • Caso a dieta militar seja a escolhida, procure também maneiras para se manter no peso, sem abandonar os prazeres de se alimentar bem.

Funciona

A dieta militar não é o meio mais eficaz e nem o mais seguro para perder peso de forma saudável, o ideal é seguir um plano alimentar bem planejado orientado por especialista, como, por exemplo, o Plano Detox da Rosi Feliciano. Veja como funciona o Plano Detox:

plano detox funciona para perder barriga

Pesquisadora Revela Plano DETOX Para Secar Barriga em Pouco Tempo!

 Saiba Mais

Dieta Militar → Funciona? Emagrece Mesmo? Como Fazer?
5 (100%) 31 votes
Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.